Arquivo do mês: abril 2016

novamente outra vez de novo

exagerar o pleonasmo é meu jeito de dizer que sinto falta dessa merda, dessa porcaria que é escrever… também tem a ver com minha incapacidade, meu modo junky de encarar a escritura… além, é claro, de fazer uma referência pseudo-literária ou cinematográfica ou só imaginária mesmo ao bom e velho dr. Bond.

escrever agora por qual motivo?

para dizer que posso escrever novamente, quem sabe.

entre fevereiro e setembro do ano passado, não escrevi porque, sabe como é, não quis.

em setembro desenvolvi uma hérnia de disco que afeta magicamente meu braço dominante o que ocasiona alguns momentos (felizmente mais esparsos agora) de profunda agonia, de dor lancinante e mais uma ou duas expressões dramáticas que reforcem a ideia já exposta.

no presente: a fisioterapia tem funcionado e os exercícios de pilates não são mais uma tortura completa. meus músculos continuam sem muito tônus, ainda preciso lembrar de fazer a manutenção de uma postura ereta mas já não sinto dor quando deito e consigo pegar no sono independentemente de quanto analgésico/anti-inflamatório/relaxante muscular tomei.

apesar de me sentir como um figurante de THE WALKING DEAD minha aparência é um pouco melhor.

 

 

Anúncios